FEV/MAR 2019

Loading...

Ano novo, vida nova: este ano, os jantares-concerto Música da Época passam a contar, para além da habitual presença de um chefe de cozinha, com um cozinheiro local, no sentido de desenvolver um menu pensado a partir das memórias de cada um. Para onde pode evoluir a tradição culinária? De que forma a cozinha autoral pode resgatar o património gastronómico? Um diálogo gastronómico entre tradição e inovação, à mesma mesa.

O nosso projeto de experimentação musical, Mater (este ano, Mater ou da negação de ser), dirigido pelo Rui Souza, continua a sua busca pela poesia dos elementos, mas agora em parceria com as esculturas sonoras de Samuel Coelho e César Estrela.

Ano novo, velhas amizades: continuamos a receber as companhias com as quais temos construído uma relação de parceria: em março, acolhemos a ESTE – Estação Teatral com a sua mais recente criação, Coração que é livre, fica; e o Teatro O Bando, que nos traz Paula de Papel, espetáculo criado a partir do universo da pintora Paula Rego, com uma apresentação para toda a família e uma sessão especial para escolas.

Ano novo, novas criações: em 2019, estreamos dois novos espetáculos: ARGILA e FRONTEIRA. Em março, convidamos toda a gente a juntar-se a nós, no Auditório da ATC, para um primeiro ensaio aberto do ARGILA, o primeiro dos espetáculos a estrear. A estreia será no dia 26 de abril, no CAO – Centro de Arte de Ovar.      

Ano novo, nova agenda: a nossa agenda mudou para um formato mais ecológico e a pensar no futuro. Bem-vindos a 2019.

Ano novo, objetivos renovados: em 2019, o Fauna continua a grande velocidade, procurando afirmar-se como uma alternativa cultural ainda mais desafiante na sua relação com o território.

Programa