Sobre o Fauna

Loading...

Chamamos-lhe assim, FAUNA, ao nosso novo espaço de criação e programação artística inserido na Quinta da Bemposta, na freguesia de Joane, que passa agora a ser o centro gravitacional da produção e programação artística do Teatro da Didascália.

Afirmando-se como um espaço de fruição artística alternativo, o contexto espacial e sociocultural do FAUNA permite o desenvolvimento de um diálogo íntimo com o espetador, potenciando uma experiência de contemplação desacelerada da arte, feita com o tempo de outros tempos, que já não é o nosso, mas que haverá necessidade de recuperar.

A programação, assente numa profunda relação que estabelece com o território, procura interagir com as dinâmicas próprias das comunidades com quem trabalha, mantendo a coerência e a regularidade na apresentação de obras das várias linguagens trabalhadas pelo Teatro da Didascália (teatro, circo contemporâneo, formas transdisciplinares, música e memória), em diálogo com a natureza, estimulando uma prática de vida saudável com propostas que cruzam a arte com a ecologia e a própria gastronomia.

Esta nova e amadurecida fase do Teatro da Didascália merece e exige um programa especificamente orientado para o desenvolvimento de públicos e contacto com a comunidade. Assim, nasce também o programa de desenvolvimento de públicos do Teatro da Didascália, o zOOm: ver melhor.

Um modelo de serviço educativo abrangente e transversal a todas as atividades, com o objetivo de reforçar os laços com a comunidade, não só no sentido da mediação entre as produções artísticas e o público, como também no de auscultação deste, tendo em vista a criação de dinâmicas férteis entre artistas e população – sim, estamos a falar de amizade, de afetos.

A programação regular do FAUNA, para além do acolhimento de espetáculos, inclui também dois importantes ciclos, com conceção do Teatro da Didascália: MÚSICA DA ÉPOCA e MATER.

MÚSICA DA ÉPOCA, com regularidade mensal, transformará o FAUNA num restaurante de cozinha e música improvisada, onde o público é convidado a desfrutar de um concerto-jantar. Uma experiência única onde os ouvidos comem e o estômago escuta.

MATER, concerto dividido em seis partes apresentadas ao longo do ano, parte da teoria dos cinco elementos Wu Xing, criada pelo naturalista Tsou Yen. Os concertos serão compostos para piano estragado, eletrónica e dois músicos convidados, num profundo diálogo com o espaço interior e exterior do FAUNA.