Edição de 2017

Loading...

Entre 17 a 26 de março, decorreu em Joane, a primeira edição do encontro de teatro – TERRITÓRIOS DRAMÁTICOS – promovido pelo Teatro da Didascália, projeto que tem como objetivo traçar ao longo dos anos, um olhar sobre a diversidade estética e artística do teatro produzido por todo o território português.

A primeira edição do TERRITÓRIOS DRAMÁTICOS trouxe a Joane espetáculos produzidos a partir de cidades tão diversas como Vila Real, Lisboa, Fundão, Águeda, Porto e, claro está, Vila Nova de Famalicão.

Desde os anos 70, numa altura em que a oferta cultural na região era escassa, foi pela mão da Associação Teatro Construção, uma antiga e importante associação de teatro ainda em funcionamento em Joane, que se apresentaram, pela primeira vez na região, alguns dos mais importantes projetos teatrais do país: o Bando, a Barraca, a Casa da Comédia, o TEAR, a Seiva Trupe, o Teatro Experimental de Cascais, o Teatro Experimental do Porto, o Teatro Oficina, e muitos outros.

O Teatro da Didascália criou este encontro por considerar urgente falar e refletir sobre um território com um passado fortemente ligado ao teatro, e a partir dele, conhecer e pensar outros projetos enraizados noutros territórios.

O TERRITÓRIOS DRAMÁTICOS é também um espaço de partilha entre o teatro e os mais variados públicos e sensibilidades. O encontro e o diálogo entre artistas e público será estimulado através de Cear e Falar, que acontecerá após os espetáculos, um convite para público e artistas partilharem a mesa.

Nestas duas semanas de programação, para além dos espetáculos, foram ainda projetados dois filmes que têm como ponto de partida o teatro: Até ao Canto do Galo, criado pela companhia Peripécia Teatro, de Vila Real, em parceria com o realizador espanhol Ramón de los Santos, e Amar, Beber e Cantar, último filme do realizador francês Alain Resnais, que adaptou para cinema a peça “Life of Riley”, do dramaturgo inglês Alan Ayckbourn.

Atividades