DO NOT DISTURB

“Do not Disturb” transporta-nos para um dia de trabalho numa fábrica qualquer do início do século XX. Todo o enredo se passa em torno da montagem de uma máquina. Uma máquina que é uma roda de 2,5 metros de diâmetro e 120 quilos de peso.

Quatro indivíduos, trabalhadores, manipulam e tentam dar sentido às peças que lhes foram entregues. Têm instruções sobre como construir esta roda mas, na realidade, não sabem exatamente como o devem fazer e muito menos qual deve ser o processo de montagem. Será este desconhecimento a causa de todas as situações divertidas, emocionantes e arriscadas que surgem durante o espetáculo.

Vaivén Circo utilizou a linguagem do Novo Circo aliada a acrobacias, dança e teatro físico para que a criação deste espetáculo fosse rica em ritmo e poesia.